quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Aqui Dentro - PART 1

Eu estava pensando hoje como consegui amar alguém, eu sou tão frio e idiota que achava que eu não tinha capacidade de amar ninguém, e de tanto eu pensar acabei descobrindo que eu realmente amo tal alguém. É difícil de admitir que amo, mas o amor me arrebatou de uma maneira quase impossível... Então eu escrevi este poema:

Aqui dentro – PARTE I

Ei você!
Olhe aqui, bem aqui dentro;
Me diga o que você vê,
Me diga o que você sente,
E o que você tem a dizer
Sobre tudo que pretendo te dizer...

Ei você!
Preciso falar com você.
Preciso falar com o seu coração
Não me ouça com seus ouvidos
Me ouça com o seu coração.

Ei você!
Não está me vendo?
Eu estou aqui na sua frente,
Me perceba!

Espera não vá embora
Fique, só mais um segundo
Que conseguirei dizer
Tudo que sinto por você...

Prince Morbido

19 comentários:

Gabriel disse...

nossa esse poema foi feito pra mim :O

to nessa situação ;/

ótimo post


http://zuerado.blogspot.com/

kikinhah disse...

Eu queria poder voltar a colocar no papel tudo que sinto...
Já "fui" boa nisso a muito tempo atraz.
Hj com essa correria da vida, não me sinto inspirada.
Parabéns, vc escreve muito bem.
BjOs^^

diogo disse...

belo poema sucesso

blog do futebol disse...

nossa manu Oo

Lelli Ramz disse...

oLHANDO PRA VC, EU ME VEJO.. E QUERO DIZER QUE A FRIEZA Q TINHAMOS... FOI NECESSÁRIA PARA CONHECER NOSSO CALOR...

BJINHUS, AMORES E FRIEZAS

LELLI

Leo disse...

Muitas vezes, escrever o que sentimoséuma boa opção... E tu escreve bem, gostei do poema!

Leandro Ribeiro disse...

Vc sabe que eu curto o seu blog, e estou eu aqui para comentar novamente. Só posso dizer que foi outro post muito bem formulado, parabéns!
Gostei do poema, e olhe que nem sou muito chegado desses que há demais na net, mas vc é bom!

Abraços.

Letícia disse...

É profundo,angustiante e belo.

Guttwein disse...

É rapaiz, cedo ou tarde, isso que recebe o nome de amor, acaba nos acometendo... de certa forma pensava igual a vc e olha a situação que estou hoje, praticamente casado! rsrs
Mas quer saber... fico me questionando pq não encontrei essa mulher que estou hoje antes! Minha vida seria outra... perdi muito tempo com as erradas e só hoje achei a certa!

Sons And Songs disse...

Boa poesia...
Existem várias formas de falar de amor...
Conseguiu falar bem em forma de poesia
Se der aparece lá no meu blog

Até mais...
Abraços

Maria Lia disse...

eu tbm faço essa ideia de mim mesma... Mas o amor não tem dessa, meu caro. Ele surge até nos corações mais insólitos.
Aí que tá sua beleza... =)

Beijos

JuANiTo disse...

Vc não amava nem sua mãe!?
Brincadeiras a parte...
Amor não correspondido é uma merda mesmo. O lado bom é que nos aflora a sensibilidade e acabamos produzindo exceletentes palvras como as suas.
Abraço!

L ! disse...

Legal, fera...
... mas o 'mim perceba' foi de lenhar!
¬¬'

http://adytaness.blogspot.com/

[ Visite-o ]

Net Esportes disse...

muito bom o poema, quando amamos acabamos fazendo poemas mesmo ... !!!!

Ben Frooke disse...

Muito bom!
Eu costumava poetar também, mas você tem o dom...

Continue assim

William Maia disse...

Showwww ,,

Muitu boummm


bjO

Evimarcio Aguiar disse...

Cuidado, muitas vezes as pessoas costumam confundir amor com poscessividade,tenho um texto sobre isso, um dia mostro á você.
Muito legal aqui. Você conseguiu criar uma atmosfera própria.

Allerson disse...

Você pareçe que não existe neste poema, como se ninguém te percebesse, como se precisase de atenção mas passa sempre despercebido por todos, mto bom eu gostei.

www.allersonblogger.blogspot.com

crys disse...

Adoreia as suas poesias !